quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Viver numa cidade que não é a minha.


Viver numa cidade que não é a minha não é fácil para mim. Vivo nesta cidade há 10 anos. Comprei casa este ano e ainda não sinto que seja a minha cidade. A minha família esta a 100km, a dele a 60km. Perdemos imensas coisas em família por estarmos longe, tentamos minimizar isso indo os fins-de-semana a casa ora de um, ora de outro. Queria tanto ter a minha família a poucos minutos de casa. Tenho sempre a sensação que vivo aqui de corpo mas que o meu coração esta na minha terra. Sinto que por vezes não me sinto em casa em lado nenhum.

16 comentários:

Flor de Jasmim disse...

Minha querida, tens a sensação do teu coração estar na tua terra, acho que é normal, tal como acho que a distancia apenas separa o físico, jamais o coração. No entanto penso que deve ser muito difícil!

Tens que ter muita força para continuares a caminhada da tua vida, seja perto ou longe deles.

Não sou a pessoa indicada para te dar força, eu vivo a 1 km das minhas filhotas e elas a 100 metros uma da outra, no entanto não há um único dia sem irmos dar um beijinho umas ás outras e quando acontece temos que falar por telemovel ou sms.

Grande beijinho princesa.

Emma disse...

Oh :( Vendo o quanto és ligada à família percebo-te a tua tristeza. Mas assim sempre que estão juntos vivem tudo com mais intensidade. Há quem more perto e depois acaba por se ver poucas vezes.

Mar R disse...

Maria, como te compreendo. Viver longe da família não é fácil. A família é o nosso maior pilar. E nós já estivemos separados por 7.000km de distancia.
Mas pensa, o que são 100km hoje em dia? Eu vivo a 300mts dos meus pais e a 5km dos meus sogros e só estou com eles ao fim de semana.
A vida passa a correr e mal dá tempo de nos vermos de semana.
Mas eu compreendo que saber que os temos logo ali é outro descanso:)
Força miuda😘
@sagadaemigracao

Green disse...

Essas situações nunca são fáceis, é como dizes, parece que não pertencemos a lado nenhum, mas infelizmente a vida é mesmo assim, infelizmente as circunstâncias são estas e temos de ser fortes todos os dias. Um abraço apertado :)**

Cherry disse...

Estar longe de casa é sempre complicado, principalmente quando se tem uma ligação tão forte com a família. Muita força.
Beijinhos,
Cherry
Blog: Life of Cherry

Coquinhas disse...

Acredito que não seja nada fácil :/

Alexandra Soares disse...

O comentário da Emma é bastante o que normalmente se passa quando vivemos perto. Eu emigrei há 5 anos, a primeira vez para "perto", Londres, e agora para o Texas, por isso entendo o que dizes. Mas o que importa é sermos felizes e espero que, estejas onde estiveres, sejas feliz.

Love Adventure Happiness disse...

Como te compreendo... No meu caso são 2500km mas às vezes vou sentindo esta cidade como minha apesar de a cidade do meu coração ser sempre Lisboa!

J* disse...

Oh fico triste por saber! Vivo na minha terra, o namorado é que se mudou para cá. A terra dele fica a 100km de distância mas de 15 em 15 dias lá vamos nós visitar a família dele! 100km hoje em dia não é nada! É claro que coisas à semana é impossível para nós estarmos presentes mas aos fins de semana não escapa nada!!!
https://jusajublog.blogspot.pt/

Esparvoada disse...

Tem piada, porque Évora é a minha cidade do coração, é aqui me sinto em casa.
Se algum dia voltar à terra natal será pelos amigos e apenas porque sinto que somos os "estranhos" da família. Na verdade acho que não seria por ter saudades deles.
Estar aqui a 150km, no norte da Alemanha ou na Suécia, a distância é a mesma. Morrem todos de saudades mas nunca ninguém nos visita…

Anita disse...

Como entendo

Sofia disse...

Conheço bem o sentimento... também tenho muitos dias em que me questiono. Mas, no fundo, sei que fiz a escolha certa. E a tua há-de ter sido a certa, também (;

Princesse Sofia disse...

Agora imagina quando se mora noutro pais... ;(

Cláudia disse...

Sempre disse que queria ficar na terra onde cresci para estar perto da minha mãe por causa disso.
Acho que nunca me iria sentir bem em lado nenhum.


Força.

Beijocas

Ashram disse...

Qual é a cidade onde vives?

Ashram disse...
Este comentário foi removido pelo autor.