terça-feira, 7 de novembro de 2017

A primeira consulta de infertilidade


A primeira consulta de infertilidade no privado deu para perceber que só andei a perder tempo no público. Eu acredito que existam bons acompanhamentos em hospitais públicos mas onde andava a ser seguida não é um bom exemplo.

Depois de um espermograma, uma ecografia e umas análises ficamos a ter a certeza que o marido tem um varicocelo e eu ovários policísticos. Vamos ver se o marido tem que ser operado, vamos fazer mais analises, vou fazer um exame (histeroscopia diagnóstica) e vamos ter nova consulta.

Se o marido não for operado, se tiver tudo bem com as minhas análises e exame vou fazer três ciclos de estimulação ovárica. Se as estimulações não resultarem vamos fazer uma fertelização in vitro.

O caminho faz-se caminhando ♥

22 comentários:

Cherry disse...

Boa sorte :). Espero que consigam.
Beijinhos,
Cherry
Blog: Life of Cherry

J* disse...

Boa sorte!
https://jusajublog.blogspot.pt/?m=1

M. disse...

Caramba, desculpa mas vou passando por aqui já há algum tempo vou vendo a tua luta, e ler isto hoje só me apetece soltar um grande: f###
Porque andaste a perder tempo, porque pareceu que nesse caminho perdeste esperança, quando há soluções que te podiam ter sido apresentadas antes.
Espero que esta consulta tenha vindo no momento certo e que agora sim tudo corra muito bem :)

Paris Toujours disse...

e já estão a caminho!

Força!

Gorduchita disse...

E que o caminho tenha o final tão desejado! :)

Sónia RM disse...

Boa sorte. Estamos a torcer por vocês. Muita Força :*

Um Mundo a Três disse...

E no fim vai tudo dar certo <3

Susana Santos disse...

O caminho faz-se caminhando mesmo! Muita fé! Beijinho

Dina disse...

Vai tudo correr bem, vais ver. É apenas uma questão de tempo. Sei o que podem sentir, e acredita que milagres acontecem. Torço por vocês

♥Cat disse...

Nem mais!
Que corra tudo bem e tenham resultados maravilhosos :)

Love Adventure Happiness disse...

Boa :D é um bom começo ter uma direcção demarcada...

Anita disse...

Força aí nessa caminhda

Maria Dias disse...

Olá Maria,

Apesar de já te seguir há algum tempo por aqui nunca tinha comentado nenhum post mas hoje senti que precisavam de te enviar um beijinho de força! Ainda não fui mãe mas é um desejo que tem vindo a aumentar nos últimos tempos e a verdade é que quanto mais tempo passa mais receios tenho da infertilidade. Tenho a certeza que tudo irá correr pelo melhor e que conseguirão alcançar este vosso desejo!

Beijinhos,
Maria

Ellie disse...

Estou a torcer pelo melhor! ♥

Há vida depois das 5 disse...

Boa :) !! Desistir é para os fracos e por aquilo que leio por aqui vocês são pessoas cheias de garra. Força ;)

Green disse...

Claro que sim, e as coisas acabam por acontecer :)

Mar R disse...

Fico deste lado a rezar que 2018 seja um ano de grandes mudanças 🙏🏻
Marta
@sagadaemigracao

Sonhadora disse...

Novo diagnóstico, novo tratamento, novos resultados! Pensamento positivo.

Emma disse...

Vai correr bem! 2018 vai ser o vosso ano :D
Muita força para estes processos nada fáceis, estou aqui a torcer por vocês ♥️

Coquinhas disse...

A torcer a ti, por vocês <3

Catia Rocha disse...

Espero que corra tudo pelo melhor!

Em outubro estava na conversa com o osteopata do meu pai e diz-me ele, sabes, já engravidei 17 mulheres, vê a quantidade de filhos que já tenho! Eu, curiosa perguntei como seria possível (percebi de imediato q estava a falar a nível profissional, claro :)), diz-me ele, que através da osteopatia tb é possível. Algumas apenas era preciso estimulação dos ovários, outras, antes disso teve que trabalhar outros órgãos primeiro e depois a estimulação e até então tinha conseguido.

C. Correia disse...

Que 2018 vos traga TUDO! Que o sapatinho deste Natal seja repleto de boas mudanças! :')