segunda-feira, 30 de outubro de 2017

O dia em qua a "minha" mata ardeu


A mata onde cresci, onde passei tantos momentos bons desapareceu para sempre. Passar naquelas estradas cinzentas e tristes deixaram o meu coração do tamanho de uma ervilha.

7 comentários:

Cherry disse...

Isso é mesmo triste, deve ser mesmo doloroso para ti. Isto dos incêndios revolta-me! Além das vidas que se perderam, ainda destruíram lugares que agora só poderão ser memória para aqueles que os estimavam.
Beijinhos,
Cherry
Blog: Life of Cherry

Flor de Jasmim disse...

Como entendo essa tua dor minha queria, acredita que entendo, a prova está no meu blog.

Xi coração apertadinho.

Adélia

Green disse...

Nem há palavras para descrever esses dias, o cheiro e o fumo que se instalou na rua durante a segunda-feira 16, era medonho, e eu vivo a uns 40/50 km do pinhal de leiria. É triste...

Cynthia disse...

É muito triste... :(

Paris Toujours disse...

é lamentável.
agora, podemos todos ajudar a reconstruir.Cada um com o que lhe é possível.
Mãos à obra!

Sonhadora disse...

Este verão foi terrível a nível de incêndios :(

Emma disse...

Acredito! Ainda não consegui ir a (minha) terra mas quando lá chegar sei que vou ficar de coração partido