segunda-feira, 4 de setembro de 2017

O meu gato quer nos enlouquecer.


O meu gato quer nos enlouquecer.

Inicialmente dormia na sala com a porta fechada e começou com o tempo a tentar abrir a porta, dá saltos para se pendurar no puxador da porta. O barulho que ele faz -  que dura a noite toda por vezes- é uma tortura.
Um de nós levanta-se ralha com ele, dá-lhe comida -  umas vezes resulta outras nem por isso.
Passámos a deixar a casa toda aberta menos o nosso quarto e ele começou a tentar abrir a porta do nosso quarto.

Como nada resultava começamos a deixar a porta do nosso quarto aberta, aparece por lá a meio da noite e começa a miar, a passar por cima das nossas cabeças, a saltar para cima da cómoda.
Um de nós levanta-se ralha com ele, dá-lhe comida -  umas vezes resulta outras nem por isso.

Se nos sentarmos na cama e ficarmos acordados a ler, por exemplo, ele vai a vida dele e não chateia. Ele apenas não quer portas fechadas, não quer ver os donos a dormir durante a noite, quer estar em casa connosco acordados.

Que faço??? Há noites em que é uma autentica tortura porque não conseguimos dormir. Esta noite começou a fazer barulho era meia-noite.

Vamos enlouquecer.





9 comentários:

Maria do Mundo disse...

Os gatos têm um grande problema com portas fechadas. Tenho gatos há muitos anos. A Mimi (a minha gata actual) foi habituada a dormir na cozinha, mas por volta das 7 horas da manhã queria ir para o quarto das minhas filhas. Como elas já estão mais crescidas agora dorme no quarto delas e não aborrece ninguém. Mesmo quando ela acordava cedo num lhe dei muita atençao...ela acabava por ir fazer outra coisa qualquer.

Flor de Jasmim disse...

Poderá estranhar a casa se é mudaram, ou será mesmo a pedir atenção!
Eles são muito chantagistas.
Eu tenho duas gatas e um gato e tenho que ter todas as portas abertas, o gato e uma das gatas dormem à noite aos pés na minha cama sem fazerem qualquer barulho, mas apenas que o homem se levanta o gato nunca mais se cala enquanto eu não me levantar também, mas nunca falei à veterinária.

Beijinho Maria

Coquinhas disse...

Será boa ideia dar-lhe comer? É que assim ele vai perceber que faz isso e tem comidinha garantida, não?

O Biquíni Dourado disse...

tÊm de lhe gastar energias antes de irem para a cama! Brincar com ele muito ou assim, cansá-lo mesmo (digo eu que nunca tive gatos, mas era supé-fá do programa do Encantador de Ca~es até que me apercebi que a solção dele passava sempre por gastar as energias aos bichos, daí aplicar agora essa teoria ao gato! =P)

Um beijinho dourado,

Catarina

м♥ disse...

O gato do meu namorado é parecido. Tem a casa toda à disposição, menos o quarto, e claro que é para o quarto que quer ir. Mia, arranha a porta, dá uns "berros" mesmo esquisitos, parece um cão. Se deixarmos entrar nos quartos, dorme aos pés da cama mas, quando se lembra, vai para o meio das pessoas, quer-se deitar mesmo em cima de nós, das nossas cabeças. É um suplício. Gatos num apartamento nem pensar! Só de ver como é das poucas vezes que lá dormi, nem pensar em ter um na minha casa.

Cantinho da Somi disse...

O meu também passou por essa fase, tivemos que optar por deixar a porta do quarto aberta, brincar com ele antes de irmos dormir, para o deixar cansado. Estores para baixo, para perceber que é horas de dormir. Agora acorda-nos às 7 horas, vai comer e depois volta a dormir... É uma fase depois passa-lhe.

Entre os meus dias disse...

As minhas (tenho 3) foram habituadas desde que chegaram que no quarto não entram, então chega à noite e vão para a sala ou para a cozinha dormir. A minha cadela a mesma coisa. Quase nunca chateiam, a não ser ao fim de semana quando acordamos mais tarde. Acho que é tudo uma questão de hábito e principalmente de não ceder! Eu não cedo mesmo, até porque tenho o sono super leve e não sou capaz de dormir com a porta aberta :)

L. das horas disse...

Ai Maria não conseguir esconder uma gargalhada! Não tenho solução para isso, porque animais, não é de todo comigo. Esse gato parece um mimado :P quer que lhe façam as vontades todas. :D boa sorte!

Green disse...

Não te consigo ajudar neste campo...