quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Casamento religioso


Vou casar na igreja (que por sinal entrou e obras), o padre é amigo da família do noivo. Reunimos com padre, eu a pensar que seria só para escolher as leituras e os cânticos mas ele propôs-nos fazer uma cerimonia diferente.  A ideia dele é fazermos uns votos diferentes dos tradicionais, haver pessoas a falar sobre nós e o nosso percurso (...). Acho que faz sentido, muito sentido, ter uma cerimonia especial porque não são apenas as cores dos guardanapos que importam. Quem por ai fez algo diferente?


As nossas esolhas (para já)



Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas um só, como se aquentará? E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa. Eclesiastes 4:9-12
 
 Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:1-7

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. Mateus 7:24-27

10 comentários:

Inspired disse...

Não fiz, mas acho essa ideia espectacular!!

Gorduchita disse...

Parece-me muito bonito!
Não fiz nada do género (cerimónia do mais simples que há) mas era ideia que abraçaria com facilidade! :)

Susana Santos disse...

Adorei a ideia da cerimónia diferente! Será com certeza um momento único e especial para vocês! Quanto ás leituras Coríntios 13:1-7 e Mateus 7:24-27 foram também as nossas escolhas!:-) porque fazia todo o sentido e porque era nesta base que queríamos iniciar a nossa vida a dois!:-)

TheNotSoGirlyGirl disse...

sinceramente parece uma ideia engraçada! foge um bocado ao tradicional, mas parece-me bastante giro! ^^


TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

Mamã Iogurte disse...

Acho uma ideia muito gira...o que aconteceu comigo, foi que no final, o padre (sem termos combinado nada) pediu que eu e o noivo discursássemos! Foi giro!
;)

Boa sorte nesta nova etapa!

A mamã vai casar disse...

Adoro.
Parece-me muito giro e bem mais pessoal.
Beijinho

Mar R disse...

O nosso casamento será apenas civil. Primeiro porque o homem não queria mesmo é segundo porque eu não faço questão.
Fomos educados com base na religião cristã, frequentamos a catequese e ambos crismamos, mas...!
Eu pessoalmente sinto-me bem numa igreja vazia, onde procuro paz e harmonia. Não gosto de ir à missa...!
Foi esta a nossa decisão. Será um casamento diferente, pois a conservadora irá à quinta, mas a religião não estará presente..!
Beijinho
Marta
@sagadaemigracao

Maria CS disse...

O meu casamento foi demasiado diferente para servir de exemplo. Fomos os dois ao notário e assinámos os papeis :P Talvez um dia ainda casemos pela igreja, ou talvez não.. Só o tempo o dirá..

O teu vai ser lindo de certeza =)
Beijo grande *

Tulipa Negra disse...

A ideia de ter alguém a falar sobre vocês e o vosso percurso é algo que parece excepcional e que faz todo o sentido =)

♥Cat disse...

Eu também tive uns momentos diferentes no meu casamento porque felizmente o Padre que nos casou é um amor e alinhou. Se este te sugeriu aproveita! O casamento é bem mais que a festa, aquele é o vosso momento por isso investe!
Uma das nossas leituras também foi a do livro Eclesiastes. Adoro-a!