segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

A peregrinação do Rapaz sem cor

"Nos seus dias de adolescente, Tsukuru Tazaki gostava de ir sentar-se nas estações a ver passar os comboios. Agora, com 36 anos feitos, é engenheiro de profissão e projeta estações, mas nunca perdeu o hábito de ver chegar e partir os comboios. Lá está ele na estação central de Shinjuku, ao que dizem «a mais movimentada do mundo», incapaz de despregar os olhos daquele mar selvagem e turbulento «que nenhum profeta, por mais poderoso, seria capaz de dividir em dois». Leva uma existência pacífica, que talvez peque por ser demasiado solitária, para não dizer insípida, a condizer com a ausência de cor que caracteriza o seu nome. A entrada em cena de Sara, com o vestido verde-hortelã e os seus olhos brilhantes de curiosidade, vem mudar muita coisa na vida de Tsukuru. Acima de tudo, traz a lume uma história trágica, que a memória teima em não esquecer. Os quatro amigos de liceu, donos de personalidades diferentes e nomes coloridos, cortaram relações com ele sem lhe dar qualquer explicação. Profundamente ferido nos seus sentimentos, Tsukuru perdeu o gosto pela vida e esteve a um passo da morte. A páginas tantas, lá conseguiu não perder a carruagem. Com Os Anos de Peregrinação de Liszt nos ouvidos, regressa à cidade que o viu nascer e atravessa meio mundo, viajando até à Finlândia, em busca da amizade perdida. E de respostas para as perguntas que andam às voltas na sua cabeça e lhe queimam a língua. Será que o rapaz sem cor vai ser capaz de seguir em frente? Arranjará finalmente coragem para declarar de vez o seu amor por Sara? Uma inesquecível viagem pelo universo fascinante deste escritor japonês que chega a milhões de leitores espalhados pelo mundo inteiro. Um romance marcadamente intimista sobre a amizade, o amor e a solidão dos que ainda não encontraram o seu lugar no mundo."

Haruki Murakami e os seu livros viciantes e espantosos. Para quem está a precisar de umas dicas para comprarem livros novos...

13 comentários:

Catarina disse...

Parece ser interessante :)

pequenasvontades disse...

Realmente são livros mesmo viciantes e interessantes!

Sofia disse...

Comecei a ler um livro dele uma vez e não fui capaz nem de chegar a meio... talvez dê uma hipótese a este (;

MAG disse...

O livro parece lindo! Fiquei bastante curiosa :) Bjs

Heriwen disse...

Vou registar a sugestão ;)

Flor de Jasmim disse...

Parece interessante!

Boa semana e um beijinho.

Catarina disse...

Tenho de começar a aventurar-me pelos livros do Murakami!

disse...

Parece mesmo interessante ^^
Vou adicionar este livro aos livros que quero ler, obrigada pela partilha :)

Teresa Isabel Silva disse...

Devo confessar que nunca li nada do autor, mas vou aceitar a sugestão de leitura!

Bjxxx

Anajá Schmitz disse...

Muito bom, gostei.
Tenha um ótimo dia.

carla capricho disse...

Deixaste-me com curiosidade :))

Green disse...

Pareceu-me fascinante e realmente bom.

Alex disse...

Gostei da descrição e fiquei curiosa!