terça-feira, 11 de junho de 2013

Um dia quis

 

Quando era pequena queria ser enfermeira e não fui, não queria estudar/trabalhar longe de casa e estou longe à oito anos, não tinha o gosto por viajar e hoje tenho, queria saber falar inglês e hoje não sei, gostava do cor-de-rosa e hoje gosto do amarelo, queria casar e ter filhos aos 25 anos e hoje já não quero, queria ter um unicórnio e nunca tive, queria que os meus avós vivessem para sempre mas não viveram.

17 comentários:

rosa_chiclet disse...

nós ao longo da nossa vida vamos mudando imenso.. o pior mesmo é vermos os nossos partirem..

kisses***

Márcia Lourenço disse...

todos nós queremos coisas e depois crescemos e deixamos de quer. é a vida :)

Marta disse...

Nem sempre se consegue o que se quer, mas a verdade é que há sonhos e objectivos que mudam com o tempo. O que interessa é que vivas a vida com a máxima intensidade e que seja feliz.
Beijos e boa semana.

marina disse...

É assim...nem sempre o que queremos, sonhamos acontece.Ou quase nunca.
Mas certamente outras coisa te aconteceram que nunca sonhaste, e as que ainda estão para vir!!!!
Beijinho

Laura disse...

As vontades vão mudando, tal como nós :)

aNaMartins disse...

nós vamos crescendo e mudando :) eu também queria ser enfermeira e não fui :)

beijinho dear!

Jessy disse...

A vida é mesmo assim
Beijinhos :)

Mary disse...

Nós mudamos tanto e às vezes nem sabemos como...

D. disse...

eu queria ser veterinária e sou administrativa lol, também queria casar aos 25 e ter 7 filhos mas não me parece :)

D. disse...

eu queria ser veterinária e sou administrativa lol, também queria casar aos 25 e ter 7 filhos mas não me parece :)

Heriwen disse...

A vida acontece enquanto fazemos planos para ela :)

Jovem $0nhador@ disse...

Os sonhos mudam com o tempo é normal!

Green disse...

Ah pois, quando somos pequenos sonhamos muito mesmo, mas depois crescemos e percebemos que a maioria das coisas não é, infelizmente, como gostaríamos. Por vezes são melhores, outras piores, é mesmo assim.

C disse...

Como te compreendo...

Palavra Já Perdida disse...

E ver essas diferenças / mudanças fazem-nos sentir tão crescidos não?
O que é bom e ao mesmo tempo mau, mas foi o que nos aconteceu, logo tem de ser bom :)

susiedesonho disse...

Eu queria ser professora e ter muitos filhos. Não aconteceu. O que importa é sermos felizes, mesmo que aquilo que queríamos na infância não é o que queremos em adultos.

Inês disse...

Entre o quiseste e o que queres, importa sempre que queiras ser feliz.
:)))))